sábado, 31 de janeiro de 2015

HOMICÍDIO E CÁRCERE PRIVADO NO PRESÍDIO DE 

JAGUARI 

A MANHÃ DE SÁBADO NO PRESÍDIO ESTADUAL DE JAGUARI TEVE SUA ROTINA QUEBRADA COM UMA TENTATIVA DE FUGA DOS APENADOS VALDECIR GAUTO E SAMUEL ARCANJO DINIS FERNANDES QUE ARMADOS COM ESTOQUES  (ARMAS ARTESANAIS) RENDERAM O APENADO QUE É RESPONSÁVEL POR ABRIR AS CELAS E, SE APOSSARAM DAS FACAS QUE SÃO USADAS NA COZINHA INTERNA DO PRESIDIO, TENDO NESSE MOMENTO ESFAQUEADOS O APENADO CELSO GARCIA SALDANHA QUE MORREU DEVIDOS AS GRAVES LESÕES, POSTERIOR TOMARAM DE REFÉM OS APENADOS ANTÔNIO MARCOS MILITÃO, ABDO RICARDO GABRIEL MANSUR, LUIS ALBERTO DA CONCEIÇAO DA SILVA E ALCINDO RODRIGUES DA SILVA, QUE PERMANECECERAM SOB AMEAÇA DE ARMA BRANCA (FACA) ATÉ O TÉRMINO DA CRISE, COM O ACIONAMENTO DA BRIGADA MILITAR PELOS AGENTES DE SERVIÇO, FORAM TOMADO TODOS AS PROVIDÊNCIAS QUE A SITUAÇÃO EXIGIA E, FEITO O ISOLAMENTO DO PERÍMETRO ONDE SE DESENROLAVA A CRISE.
COM AS NEGOCIAÇÕES HOUVE A RENDIÇÃO DOS REBELADOS E A LIBERAÇÃO DOS REFÉNS.








ISOLAMENTO DO PERÍMETRO
Celso Garcia Saldanha (morto na rebelião)

Nenhum comentário:

Postar um comentário